MENU

Blog

117

Câmara repassará R$ 640 mil ao HAMS para reabertura da Maternidade

Após suspender o funcionamento da Maternidade ao SUS, neste ano, o Hospital Ana Moreira Salles poderá reabrir a unidade a partir de janeiro.
O fechamento se deu após ser constatado um déficit de, aproximadamente, R$40 mil mensais.
Desde o surgimento da notícia do fim das atividades, a Câmara Municipal de Cambuí, juntamente com o Ministério Público, realizou uma série de reuniões para tentar sanar este problema. Prefeitos e secretários de saúde dos municípios atendidos pelo HAMS foram convocados a debater a questão, e encontrar uma solução o mais rápido possível.
Após vários encontros, uma boa notícia foi divulgada pelo presidente da Casa de Leis na sessão ordinária ocorrida nesta terça-feira, 21: a Câmara será a responsável por custear o que falta
para que a maternidade seja reaberta.
Em nome de todos os vereadores, Rafael Santos anunciou que os recursos necessários serão destinados por meio da Câmara, através de uma emenda ao orçamento para o próximo ano, no valor de R$ 53 mil mensais, totalizando cerca de R$ 640 mil/ano, o que garantirá a manutenção dos serviços obstétricos e ginecológicos.
“É de conhecimento que, há algum tempo, estamos lutando para o atendimento de ginecologistas e obstetras pelo SUS em nosso hospital.
Foram várias reuniões e conseguimos que os municípios aumentassem o repasse para o Pronto Socorro”, disse o presidente, durante sua fala na última sessão ordinária. “Queremos deixar claro que isso não irá onerar o Poder Executivo. Esperamos que o prefeito sancione, assim que votada esta emenda, pois estamos tirando do orçamento da Câmara”, citou.
“Isso será repassado pela Câmara pelos próximos quatro anos à nossa população”, completou.
O presidente agradeceu ao apoio e empenho dos vereadores, que entenderam a necessidade e contribuíram para que esta ajuda fosse concedida.
Além deles, Rafael Santos também falou da importância da participação do Ministério Público, na pessoa da Dra. Karina Seiko, “que se empenhou em nos ajudar com esta questão”. Ele também agradeceu aos médicos, que se comprometeram com a reabertura da maternidade.
Com essa medida e os recursos apresentados, a partir de janeiro de 2018 a Maternidade do Hospital Ana Moreira Salles retomará seus atendimentos, permitindo que as gestantes tenham toda estrutura necessária para a realização dos atendimentos.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on Pinterest
CURTA NOSSO FACEBOOK
SUA MARCA NA RÁDIO VIVA