MENU

Blog

download

Quadrilhas aplicam golpes contra beneficiários do INSS

As quadrilhas fraudadores estão novamente abordando segurados do INSS para aplicar golpes nos beneficiários. A secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda divulgou um alerta contra fraudes praticadas por bandidos que se passam por representantes do órgão para oferecer benefícios e extorquir os segurados. De acordo com dados da ouvidoria Geral da Previdência Social, até julho deste ano já foram registradas 732 denúncias relatando esse tipo de fraude. Em 2016, foram cadastradas 948 manifestações na ouvidoria do órgão relatando esse tipo de golpe.

De acordo com a Previdência, os criminosos abordam as vítimas em contatos, por telefone, e se identificam como integrantes do Conselho Nacional de Previdência (CNP) oferecendo algum tipo de benefício. Os golpistas afirmam que o aposentado ou pensionista teria direito a receber valores atrasados, geralmente, grandes quantias de dinheiro, e pedem que entrem em contato com eles por meio de um número de telefone. Quando o segurado faz a ligação, os fraudadores pedem ao segurado que informem dados pessoais e solicitam o depósito de determinada quantia em uma conta bancária, para liberar um pagamento que não existe.

Outras vezes, os fraudadores enviam ofícios e comunicações em nome da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), órgão vinculado ao ministério da Fazenda, orientando aos participantes e assistidos sobre o direito de resgate de contribuições de planos de aposentadoria complementar. Para isso, solicitam informações pessoais ou bancárias dos cidadãos, cobrando pelos serviços prestados ou custas judiciais.

A secretaria de Previdência informou que não entra em contato com seus beneficiários por meio desse tipo de abordagem, e também não possui relação com planos de previdência complementar para segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Como evitar

Dados pessoais

A Previdência informou que não solicita dados pessoais dos segurados por e-mail ou telefone e também não realiza nenhuma forma de cobrança para prestar o atendimento nem realizar seus serviços.

Recomendação

A orientação da instituição é que não utilizar intermediários para entrar em contato com a Previdência e não efetuar depósitos para ter direito a algum benefício previdenciário.

Atendimento

O segurado pode agendar o atendimento através do telefone 135 .

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on Pinterest
CURTA NOSSO FACEBOOK
SUA MARCA NA RÁDIO VIVA