MENU

Blog

images

Secretaria de Saúde organiza viagem de doadores de sangue ao hemocentro de Pouso Alegre

Extremenses que desejam fazer doação de sangue podem procurar a Secretaria de Saúde para participar da próxima viagem ao Hemocentro de Pouso Alegre, que será no dia 30 de outubro. Pessoas de todos os tipos sanguíneos (A, B, AB e O) poderão doar.

A Secretaria de Saúde fornece o transporte de ida e volta e a Fundação Hemominas oferece alimentação. Não é cobrado qualquer valor do cidadão. Os interessados podem ligar no (35) 3435-3374 ou comparecer à Secretaria de Saúde, na Av. Nicolau Cesarino, nº 4.000, para fazer o cadastro.

A doação acontece em Pouso Alegre, pois a cidade é a referência para o município. Todo o sangue que Extrema necessita vem de Pouso Alegre, e o estoque do banco de lá está baixo. As bolsas são utilizadas, por exemplo, em cirurgias de rotina e para atendimento de acidentados trazidos pelo Samu e Autopista Fernão Dias. Cada bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

De acordo com o artigo 473 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário por um dia, em cada 12 meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada.

A Fundação Hemominas adota como critérios básicos para avaliar quem se encontra ou não apto a doar sangue aqueles estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgãos responsáveis pela legislação nacional de hemoterapia. Veja a seguir as condições e restrições para a doação:

Requisitos básicos para doar

• Estar em boas condições de saúde.

• Ter entre 16 e 67 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos.

• Pesar no mínimo 50 kg.

• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

• Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Carteira de Habilitação, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Impedimentos temporários

• Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.

• Gravidez

• 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.

• Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).

• Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.

• Tatuagem, piercing e/ou maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.

• Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

• Esteve em área de incidência de doenças como febre amarela e malária.

Impedimentos definitivos

• Hepatite após os 11 anos de idade.

• Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.

• Uso de drogas ilícitas injetáveis.

• Malária.

• Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após, ou antes, dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem.

Intervalos para doação Tempo

• Homens 60 dias: até 4 doações por ano.

• Mulheres 90 dias: até 3 doações por ano

Essa lista não esgota os motivos de impedimento para doação. Outras informações prestadas durante a triagem clínica serão consideradas para definir se está apto para doar. Se ainda ficou alguma dúvida, acesse o site da Hemominas.

CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on Pinterest
CURTA NOSSO FACEBOOK
SUA MARCA NA RÁDIO VIVA
FALE COM A RÁDIO PELO VIVA ZAP
Whatsapp Rádio VIVA FM (35) 9 9807-2857

(35) 9 9807-2857